Moana: o reinado da empatia

Oi, prazer! Eu sou a Senhora Chata, e esta é minha primeira crítica aqui no Chatos no Sofá. Espero que você goste de lê-la e de pensar em Moana desse jeito. Como o filme já saiu de cartaz (infelizmente), o texto terá spoilers. 😉 Quando se fala sobre Moana, é muito comum que se destaque…

Moana: um novo tipo de princesa

O lançamento atrasado de Moana no Brasil deixou-me intrigado. Achei que o filme não fosse tão bom assim e que a Disney não estivesse apostando tanto nele. Afinal, um mês de janela entre os Estados Unidos e o circuito nacional é quase inédito hoje em dia, pelo menos para grandes filmes de grandes estúdios. Foram-se os…

Zootopia ou a essência Disney

Quando escrevi a crítica de Sing, frequentemente me peguei comparando o medíocre musical com Zootopia. A comparação é inevitável: ambos acontecem em mundos onde animais antropomórficos convivem em relativa harmonia num cenário urbano e moderno. Ambos focam numa visão positiva de urbanismo e retratam uma relação equilibrada entre cidades e natureza.  E só. Depois desses…

Sing: um bolo que desandou. 

Sabe quando você está fazendo um bolo e não dá certo? Todos os ingredientes estavam lá, parecia lindo na receita daquele livro de culinária de algum chef inglês mas o resultado que saiu do seu forno é decepcionante? É Sing. Eu amo musicais. Acho que eles representam um absurdo cinematográfico que é quase incomparável. Algo…

Kubo e as Cordas Mágicas: Beleza e Magia

Kubo e as Cordas Mágicas me conquistou no momento que o protagonista fez um teatro de origami com os sons das cordas do seu shamisen. Com um aviso breve, uma música em tons tipicamente japoneses e uma narrativa heróica, o jovem Kubo agarra o espectador pelo coração o carrega pelo seu conto de fadas. E…